Programa Plantar o Futuro - AFEAM - AFEAM

Programa Plantar o Futuro

Finalidade:

Os financiamentos destinam-se à implantação de módulos de produção, de culturas regionais de subsistência como a mandioca (cultura básica) consorciada ou não com espécies frutíferas (ciclo médio) e florestais (ciclo longo) que se apresentem sustentáveis do ponto-de-vista técnico e econômico, de forma a garantir a subsistência das famílias beneficiadas e um incremento do excedente da produção, para o aumento da renda familiar e melhoria da propriedade rural.

 

Beneficiários:

São beneficiários do Programa, mini e pequenos produtores rurais individuais, prioritariamente os que estejam organizados em grupos comunitários, que utilizem mão-de-obra familiar e que residam na propriedade rural ou na comunidade rural a ela pertencente há, pelo menos, 02 (dois) anos, com a devida comprovação do IDAM, através de declaração expressa.

 

Limites de Financiamento:

Até R$ 3.600,00 sendo:

Até R$ 2.000,00 (módulo de 02 ha de mandioca)

Até R$ 400,00 – insumos p/ espécies frutíferas e florestais.

Até R$ 1.200,00 – aquisição de mudas

 

Prazos de Financiamento e Carências:

18 MESES (06 meses após a última liberação)

 

Encargos Financeiros:

De acordo com as tabelas vigentes, observando-se o nível de risco do cliente

 

Bônus

Ecológico: 10% SOBRE O PRINCIPAL+ ENCARGOS

Produtivo: Até 40% SOBRE O PRINCIPAL+ ENCARGOS

Mudas: 100% SOBRE O VALOR

 

Cálculo do Bônus Produtivo:

Para cada muda de espécie frutífera ou florestal efetivamente plantada, será atribuído um bônus de 0,25% (dois décimos e meio por cento) até o limite total de 40% (quarenta por cento) de bônus sobre o principal e encargos, calculados após a apresentação do Laudo de Vistoria que comprove a implantação do módulo.

A relação espécies frutíferas/florestais deverá ser sempre que possível 1:1, sendo exigido um mínimo de 20% do número total de plantas, de uma ou de outra categoria.

Forma de liberação:

Custeio: 12 parcelas mensais
Mudas e insumos: diretamente ao fornecedor